Os 12 Princípios da Animação

Se você quer trabalhar com animação, os fundamentos apresentados a seguir são a porta de entrada

O artigo a seguir é baseado no livro de Ollie Johnston e Frank Thomas “The Illusion of Life: Disney Animation”, de 1981. a dúzia de princípios estabelecidos no livro influenciou profundamente a animação 3D contemporânea e digital. Conheça-os agora:

 

1. Comprimir e esticar

tumblr_n4rq4wXp241tx30c0o1_1280

Ao comprimir e esticar objetos em sua animação, você pode fazer com que eles pareçam flexíveis e afetados pela gravidade. Manter as proporções é fundamental, pois o volume de um objeto nunca poderá mudar se você estiver imitando com precisão a realidade.

 

 

2. Antecipação

anticipation

Pense sobre as ações que ocorrem antes de um movimento ou evento específico e replique-as para proporcionar uma sensação de que a ação está prestes a ocorrer. O modo como um leão se abaixa antes de atacar ou o tremor de um galho antes de uma maçã cair são um bom exemplo.

 

 

3. Encenação

tumblr_n4rq3xrhYu1tx30c0o1_1280

Pense na sua cena do mesmo modo como você faria se fosse diretor de um filme de ação. Use seu cenário/cena para ajudar a direcionar a atenção do público, evitando detalhes desnecessários ou bloqueios e concentrando-se sempre na luz e sombreamento.

 

 

4. Straight ahead e pose to pose

pose

Criar uma cena quadro a quadro de forma linear é conhecida como “straight ahead action”, mas você também pode criar alguns quadros de cada vez e, em seguida, preencher as lacunas mais tarde (“pose to pose”). Qual a melhor opção? Vai depender do que você está tentando passar, mas talvez o melhor mesmo seja usar um mix das duas técnicas.

 

 

5. Follow through & overlapping action

overlapping

Funciona assim: um personagem ou objeto em cena pode parar de se movimentar, mas parte deles não. Ao aplicar o princípio da “continuidade”, um movimento mais realista é criado. A “overlapping action” ou “sobreposição da ação” leva em consideração que diferentes partes de um mesmo corpo/objeto pode se mover em momentos distintos. Ambos princípios são importantes para que se tenha em mente o espelhamento do mundo natural.

 

 

6. Aceleração e desaceleração

slow

Ao aumentar o número de quadros no início e no final de um movimento, você pode colocar mais ênfase nos movimentos iniciais e finais. Dessa forma, isso criará uma representação do movimento real que fica mais realista para quem assiste.

 

 

7. Movimento em arco

archs

Movimentos naturais tendem a formar um arco no mundo real. E isso deve acontecer também na sua animação. Ao desenhar à mão, mapear um arco é crucial, mas fazer isso digitalmente, naturalmente, é muito mais fácil.

 

 

8. Ação secundária

secondary

Este é outro truque dos filmes de ação. As pessoas raramente estão envolvidas apenas em um só movimento em um momento. Seja sacudindo os ombros ou brincando com os cabelos enquanto está envolvido em uma atividade particular, um bom ator sabe muito bem como usar seu corpo inteiro, e suas animações também devem saber.

 

 

9. Timing

timing

Crucial para entender o “mood” ou a emoção de um personagem, e refere-se especificamente ao número de quadros de uma determinada ação. Quanto menos quadros, mais rápida será a ação, por isso verifique se cada cena que você está retratando se desenrola no ritmo adequado.

 

 

10. Exagero

exageration

É nessa hora que sua animação pode ficar diferente. Ao “exagerar” certas características ou aspectos da realidade, você será capaz de criar seu próprio mundo e, ao mesmo tempo, apresentar um ambiente atraente para o público, que ficará entediado com uma tomada muito convencional.

 

 

11. Solid drawing

solid

Um conhecimento profundo sobre como formas tridimensionais interagem entre si e seus ambientes deixará a animação mais verossímil. Johnston e Thomas desaconselham a criação de “gêmeos” — personagens com lados esquerdo e direito perfeitamente simétricos — pois essa não é uma representação precisa da vida real.

 

 

12. Appeal

appeal

Appeal é o equivalente ao carisma para atores, dando a quem assiste a impressão de que o personagem é real, atraente e interessante. Se faltar apelo a suas criações, isso poderá minar todo seu trabalho em todos os outros pontos; por isso, tenha certeza de dar às pessoas os personagens que elas querem assistir.

 

Quer mais dicas de web e design? Acesse o post recomendado Aqui

 

 

Post original: Aqui

Tags:
,
Sem comentários

Publicar Comentário

2 + dezenove =